Julho termina com queda de 41% na média móvel de casos de covid. Número de mortes fica estável

By
Updated: agosto 1, 2022

São Paulo – Julho terminou com média móvel de 34.618 casos de covid-19 na última semana, segundo dados deste domingo (31) do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Em relação ao primeiro dia do mês (58.700), a média cai 41%. Já o o número de mortes, pelo mesmo critério, teve pouca alteração: 210 no dia 1º e 221 hoje.

Assim, de acordo com o Conass, com mais 20.096 casos confirmados nas última 24 horas, o total no país desde o início da pandemia, em março de 2020, é agora de quase 34 milhões – exatos 33.833.683. Já os óbitos somam 678.513, com mais 27 registrados de sábado para domingo.

 Se julho acaba com queda considerável no número de casos de covid, a comparação com o inicio do ano é mais preocupante. No primeiro dia de 2022, a média móvel era de 8.126. Assim, a média atual é de 4,2 vezes maior. Mas, embora com oscilações, a curva foi cedendo nos últimos meses. O pico do ano foi registrado em 3 de fevereiro: 189.526 casos na média semanal. No dia 11 do mesmo mês, o Conass teve a maior média de mortes de 2022 (951).Quase 180 milhões de brasileiros (83,7% da população) tomaram a primeira dose da vacina contra a covid. Receberam a segunda, ou dose única, pouco mais de 169 milhões – 78,7% da total e 84,4% da população vacinável (a partir de 5 anos). Já a dose de reforço chegou a 100,8 milhões, o que corresponde a 46,9% da população total e 62,3% a partir dos 18 anos. (RBA) Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

You must be logged in to post a comment Login