Demissões na Pfizer

By
Updated: maio 25, 2022

A Pfizer teve um faturamento de 25,7 bilhões de dólares no primeiro trimestre de 2022, um aumento de 77% com relação ao mesmo período do ano de 2021, segundo matéria do portal economia.uol.com.br. Segundo o portal poder360.com.br, a Pfizer faturou US$ 36,8 bilhões com as vendas da vacina contra a covid-19 em 2021.

Os números não metem. É uma vergonha que a Pfizer empresa que esta entre as que mais faturaram do setor farmacêutico, simplesmente coloque na rua cerca de 200 trabalhadores da área comercial, (Propagandistas) com a desculpa esfarrapada de que ira modificar o sistema de trabalho. A única modificação que a Pfizer está promovendo é o aumento do desemprego e o impacto nas famílias dos trabalhadores e na economia do país . Fica claro que, o único objetivo dessa empresa, com essa manobra covarde, é aumentar cada vez mais o seu lucro.
A forma que achou de reconhecer os trabalhadores que ajudaram a empresa a obter os resultados bilionários no faturamento, foi demiti-los. É justo isso?

A CNTQ, (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria Química), a FIP, (Federação Interestadual dos Propagandistas) a FEPROP, (Federação dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos do Estado do Rio de Janeiro), e a Feprovenone, (Federação dos Sindicatos de Propagandistas, Propagandistas-Vendedores e Vendedores de Produtos Farmacêuticos do Norte e Nordeste), repudiam a ação da Pfizer contra os trabalhadores.10.

 

 

 

You must be logged in to post a comment Login