Uso de máscara em locais abertos deixa de ser obrigatório em São Paulo

By
Updated: março 9, 2022

São Paulo – O governo de São Paulo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre em todo o estado a partir desta quarta-feira (9). A medida vale para praças, parques e ruas. Em ambientes fechados e no transporte público não há flexibilização e o uso permanece obrigatório.

O decreto publicado no Diário Oficial também permite a liberação de 100% de público nos estádios de futebol. De acordo com o anúncio do governador João Doria (PSDB), a flexibilização das máscaras era estudada desde o final do ano passado pelo Comitê Científico que orienta a gestão estadual, mas foi adiada após a escalada de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron.

 

Desde o início da semana, o debate sobre o uso de máscara em São Paulo cresceu. Estudo da Vigilância Sanitária municipal de São Paulo, divulgado pelo portal g1 na última segunda (7), recomenda a liberação das máscaras em locais abertos, como ruas e parques, e a manutenção da obrigatoriedade da utilização em lugares fechados. “Neste momento, o Cenário Epidemiológico é de queda importante do número de doentes pela Covid-19 nas últimas semanas e os indicadores assistenciais apresentam as menores taxas de ocupação de leitos de UTI e enfermaria desde 2020”, diz um trecho do documento.

No último domingo (6), a região metropolitana de São Paulo registrou a menor média móvel de novas internações por covid-19 desde o início da pandemia. Foram, em média, 145,8 hospitalizações provocadas pela doença. O melhor índice anteriormente era de 146,28, em 5 de dezembro de 2021. Apesar da queda, ainda há mais de mil pacientes internados com covid-19 na Grande São Paulo.

 

Flexibilização

A liberação do uso de máscara começou já em outros estados. Os moradores do Rio de Janeiro, por exemplo, não precisam mais usar máscaras, em qualquer lugar, desde a última segunda-feira. O decreto foi publicado pelo prefeito Eduardo Paes (PSD) com o fim da obrigatoriedade.

Outras regiões ainda estudam a flexibilização da medida. Em Minas Gerais, o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, afirmou que a expectativa é de que o uso do equipamento não seja mais obrigatório ao ar livre em todo território mineiro ainda nesta semana. Em Belo Horizonte, a máscara já deixou de ser item obrigatório.

Já o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), disse ontem que fez uma solicitação ao Comitê Científico da Covid-19 para que se analise a possibilidade do fim da obrigatoriedade do uso de máscaras no estado. Em Teresina, um novo decreto determinou a flexibilização gradual do uso, com a revogação da exigência na próxima segunda-feira (14).

Por outro lado, a Bahia ainda não tem previsão de realizar a liberação. O governador Rui Costa (PT) afirmou, no início desta semana, que o estado não tem um “horizonte” para flexibilizar o uso de máscara. Em sua conta no Twitter, ele afirmou estar otimista com a redução no número de casos de covid-19, mas acredita ser precipitado tomar essa medida. (RBA)

 

You must be logged in to post a comment Login