Impostos são para pagar banqueiros

By
Updated: fevereiro 24, 2021

Mesmo com o Brasil ocupando o triste segundo lugar em número de infectados pela covid-19, com mais de 10 milhões de doentes, o governo insiste em colocar mais dinheiro nas mãos de banqueiros. O pagamento de diversos impostos feito pelos trabalhadores também contribuiu para o lucro contábil do Banco Central em 2020 ultrapassou R$ 500 bilhões. Quantia suficiente para construção de mais de mil hospitais, de 270 leitos, inúmeras UBS (Unidades Básicas de Saúde), assim como diversas escolas públicas de grande porte.
Infelizmente esse dinheiro foi usado para pagar juros da dívida pública, que no primeiro semestre de 2020 ultrapassou os 80% do PIB (Produto Interno Bruto). São títulos do governo comprados pelos banqueiros. Mesmo com vários projetos de lei no Congresso Nacional para que sejam investidos mais dinheiro no SUS (Sistema Único de Saúde), Seguridade Social e ações para conter a crise, nenhuma dessas ações sensibiliza a presidência da República.
Quando se analisa a planilha de percentuais do Orçamento da União, relativo a 2020, é possível visualizar que a Saúde ficou com apenas 4,26% enquanto os juros e amortizações da Dívida, pagos aos banqueiros, consumiu 39,08% deste orçamento, totalizando R$ 1,381 trilhão. A Educação é outro item que não desperta interesse do governo, recebendo apenas 2,49% do Orçamento que foi gasto em 2020. Nem a defesa de nossas fronteiras sensibilizou a presidência da República, que destinou às Forças Armada apenas 2,07% do dinheiro do Orçamento da União.
Do valor disponível para combater a pandemia, estimado em R$ 416,04 bilhões, equivalente a 12,47% dos gastos públicos em 2020, o ministério da Saúde recebeu apenas 9,44%, enquanto o ministério da Economia, do dilapidador ministro Paulo Guedes, ficou com 32,63%, revelando com esses dados que a Saúde Pública não merece atenção por parte do governo.
Veja como funciona o lucro contábil: Com os ganhos acumulados pelo Banco Central com a administração das reservas internacionais, a variação da cotação da moeda estrangeira permite ao BC realizar lucros em reais. É quando o governo utiliza esse dinheiro (no caso os R$ 500 bilhões) para abatimento da dívida, como as pessoas com cartão de crédito fazem ao pagar apenas o crédito rotativo, em vez do valor total da fatura. Quando esse lucro vai para o sistema financeiro (aonde estão inúmeros banqueiros brasileiros e estrangeiros que compraram títulos da dívida pública), todo esse mar de dinheiro acaba nas mãos dos bancos.
Com a cotação do dólar a R$ 4,00, por exemplo, uma reserva de US$ 100 mil iria valer R$ 400 mil. Caso o dólar chegasse a R$ 5,50, essa mesma reserva subiria para R$ 550 mil. É essa valorização que recebe o nome de lucro contábil, que os banqueiros que compraram títulos do governo brasileiro adoram. Pois ganha dinheiro cada vez mais.

You must be logged in to post a comment Login