Covid-19: Entidades Sindicais contra a Reabertura das Escolas

By
Updated: agosto 31, 2020

O presidente do SindiQuímicos Guarulhos e da CNTQ, Antonio Silvan Oliveira, assinou abaixo assinado feito pela entidades Sindicais contra a Reabertura das Escolas.

 

 

POSICIONAMENTO DO MOVIMENTO SINDICAL

As Entidades Sindicais contra a Reabertura das Escolas

A Covid-19 é letal. Nesta data, cerca de 120 mil brasileiros já morreram por causa da doença. E já são quase quatro milhões de contaminados por todo o Pais. A ciência luta contra o tempo, mas ainda não há vacina ou remédio eficaz. Portanto, ante a Covid-19, o que funciona é isolamento social. Sendo assim, as entidades abaixo-assinadas se manifestam contra reabrir escolas. Só a rede municipal de Guarulhos agrupa 120 mil alunos. Somados professores e demais Servidores da rede chega-se a quase 08 mil trabalhadores. A rede estadual tem 170 escolas. Além delas, há os estabelecimentos particulares, do pré ao universitário.

Estudo recente revela que aula presencial significa aglomeração. Aglomeração gera contaminação, doenças e mortes.

Esclarecemos também que a vida dos idosos e idosas também correm riscos, uma vez que são eles que tomam conta das crianças quando retornam das escolas. Além dos trabalhadores e trabalhadoras que ficam expostos ao vírus em seus locais como os da limpeza e alimentação.

A Prefeitura de São Paulo realizou entre 6 e 10 de agosto a testagem em 6 mil alunos da rede municipal de ensino que tinham entre 4 e 14 anos, o resultado demonstra que 16,1% deles já tiveram contato com o novo Coronavírus, sendo que 64.4% dos alunos infectados não apresentaram quaisquer sintomas da doença.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Granada, na Espanha, revela que colocar 20 crianças numa sala de aula implica em 808 contatos cruzados em dois dias.

Chamamos atenção também, para o transporte coletivo. Ónibus cheios, pontos lotados e terminais com aglomeração constituem foco do novo Coronavírus.

Alertamos para a falta de testagem e o alto número de crianças assintomáticas!

Portanto, a reabertura das escolas durante a pandemia aumentaria a contaminação no próprio recinto escolar, no transporte e no ambiente familiar, quando do retorno para as casas.

Ante o exposto, pedimos bom senso por parte das autoridades. A sociedade certamente compreende as razões imperiosas da saúde. Afinal, acima de tudo está a vida, sobretudo das nossas crianças!

Guarulhos, 04 de setembro de 2020.

You must be logged in to post a comment Login