Guti não concorda em antecipar os dois feriados municipais da cidade

By
Updated: maio 18, 2020

O prefeito Guti (PSD) disse na noite desta segunda-feira (18), durante transmissão nas redes sociais, que não concorda em antecipar os dois feridos municipais – 20 de novembro (Consciência Negra) e 8 de dezembro (460 anos da cidade de Guarulhos) – como sugeriu o governo do estado aos prefeitos da região, como forma de aumentar o isolamento social neste período de pandemia do coronavírus (covid-19).

“Não vislumbro essa possibilidade {de antecipar os feriados]”, enfatizou o prefeito. Entretanto, Guti explicou que irá se reunir com técnicos da Prefeitura de Guarulhos, nesta terça-feira (19), para estudar a necessidade de antecipação e que participará de uma reunião virtual com o governo do estado e prefeitos da região para saber quais serão as diretrizes sobre este tema.

“A minha opinião pessoal é que não devemos antecipar. Eu não vislumbro essa possibilidade, mas nosso time está estudando. Guarulhos não pretende fazer a antecipação dos seus dois feriados municipais. Essa é a nossa linha, mas eu respeito o que decidir os nossos técnicos. Eu quero ouvir alguns setores da sociedade antes de qualquer decisão, como a indústria, que poderá ser prejudicada se anteciparmos ”, observou Guti.

Na tarde desta segunda-feira, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, durante sessão extraordinária virtual, o projeto de lei do prefeito Bruno Covas (PSDB), que permite a antecipação de feriados municipais na cidade de São Paulo.

Covas afirmou que o feriado prolongado será desta quarta-feira (20) até o domingo (25). Para isso, os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro) serão antecipados para esta quarta e quinta (21). Na sexta-feira (22), será declarado ponto facultativo na cidade.

Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que deve enviar, nesta terça-feira, 19, proposta para a antecipação de feriados à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Segundo Doria, a intenção é trazer o feriado do Dia da Revolução Constitucionalista, celebrado em 9 de julho, para a próxima segunda, 25.

(Gil Campos/GH)

You must be logged in to post a comment Login