Jurista critica a falta de mobilização popular contra arroubos autoritários do presidente, mas destaca reação institucional

By
Updated: fevereiro 27, 2020

Para o jurista Pedro Serrano, professor de Direito Constitucional da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), o aparente recuo do presidente Jair Bolsonaro aos ataques ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal (STF) impede a caracterização do crime de responsabilidade, passível de processo de impeachment. O que preocupa, segundo ele, é a reiterada postura de ameaça à democracia de Bolsonaro, seus filhos e integrantes do governo. Além da apatia da sociedade em relação a esses ataques.

You must be logged in to post a comment Login