Conselho Político Consultivo da FEQUIMFAR discute mudanças na estrutura sindical e MP 873 e 881

By
Updated: agosto 7, 2019

O Conselho Político da FEQUIMFAR está reunido hoje, em Praia Grande SP, para discutir os danos causados pela MP 873 e o andamento da MP 881 que aprofunda a reforma trabalhista.

Na oportunidade, César Augusto de Mello, consultor jurídico da FEQUIMFAR, falou sobre os bastidores da luta jurídica nestes aspectos e sobre mudanças na estrutura sindical.

“Nunca enfrentamos reação tão agressiva contra a estrutura sindical. Nossa vitória vai depender do nosso poder de negociação”, diz Antonio Silvan Oliveira, presidente da CNTQ e do STI Guarulhos.

 

 

“Nos debates sobre a estrutura sindical, entendemos que precisamos propor mudanças e participar dos debates, em especial, no Congresso Nacional”, destaca o presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, Serginho.

“Apoiamos os princípios de liberdade sindical com regras de representatividade, um conselho bipartite (trabalhadores e empregadores ) para estabelecer critérios de representatividade, um custeio sindical que alcance os beneficiários da norma coletiva, com desconto em folha de pagamento, negociação coletiva em todos os níveis  e um período de transição que possibilite a adaptação das entidades sindicais atuais”, diz Serginho.

Outros temas que estão sendo debatidos são o segundo turno das votações da reforma da previdência, além das expectativas para a campanha salarial do segundo semestre.

Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do STI Bauru, está coordenando o evento e reiterou a importância do encontro e das discussões do Conselho Político na elaboração de uma posição unitária dos Químicos da Força, nos mais diversos assuntos, confirmando e fortalecendo a unidade de luta da categoria.

You must be logged in to post a comment Login