Pesquisas mostram que maioria dos brasileiros é contra homofobia e porte de armas

By
Updated: outubro 28, 2018

Um dia antes do segundo turno das eleições presidenciais, pesquisas do Datafolha evidenciaram que a maioria dos brasileiros acredita que a posse de armas deve ser proibida e que a homossexualidade deve ser aceita por toda a sociedade. 

As informações demonstram que há oposição ao discurso conservador e reacionário crescente na sociedade, centralizado na figura de Jair Bolsonaro, candidato à presidência. 

O instituto perguntou aos eleitores com qual das duas frases eles concordam mais: “Possuir uma arma legalizada deveria ser um direito do cidadão para se defender” ou “A posse de armas deve ser proibida, pois representa ameaça à vida de outras pessoas”. 

A segunda frase foi escolhida por 55% dos entrevistados, 41% se posicionaram favorável à posse de arma e 4% nos souberam responder. A pesquisa ouviu 9.173 eleitores em 341 municípios entre os dias 24 e 25 de outubro.

Outro ponto abordado, com bons resultados, foi o respeito aos LGBTs: 74% dos entrevistados concordaram com a afirmação de que a homossexualidade deve ser aceita pela sociedade. Apenas 18% escolheram a opção que dizia que a homossexualidade deveria ser desencorajada, 8% não souberam responder. 

You must be logged in to post a comment Login