Isto é ou não é AGIOTAGEM?

By
Updated: março 26, 2018

Mesmo com a queda da taxa Selic os Bancos continuam cobrando juros surreais e castigando o bolso dos brasileiros. Os dados do mercado de crédito divulgado pelo Banco Central revelam um aumento de 5,9 pontos percentuais no juro médio cobrado no rotativo do seu cartão de crédito, em relação a janeiro. Os números não mentem. O juro do rotativo é a taxa mais elevada e, a maior entre todas.

 

Entenda

A taxa de juros do rotativo, (não regular), de seu cartão de crédito passou de 387,4% para 397,5% ao ano. O rotativo não regular inclui as operações nas quais o pagamento mínimo da fatura não foi realizado. Já nas compras parceladas no cartão, o juro saltou de 167,8% para 174,3% ao ano. Se, considerarmos o juro total do cartão de crédito (incluindo rotativo e o parcelado), a taxa passou de 68,6% para 74,7% de janeiro para fevereiro. Uma alta de 6,1 pontos percentuais.

 

Como engolir isso

Embora os juros básicos tenham caído mais de 50% desde novembro de 2016 (a Selic baixou de 14,25 ao ano% para 6,50% em março), acumulando queda de 54,38%.  No mesmo período, os juros médios do sistema financeiro caíram a apenas 23,89%. Pode isso?

You must be logged in to post a comment Login