Químicos – Assembleia de avaliação e deliberação

By
Updated: outubro 30, 2017

Dia 6 de novembro de 2017, segunda-feira (Sede e Subsedes)
17h, em primeira convocação
18h, em segunda convocação

Locais: Sede Guarulhos: Auditório da Sede Social, Rua Iraci Santana nº 34 (Antigo 85), Macedo.

Subsedes: Terra Preta/ Mairiporã – Av. Vereador Nicola Peres Neto, 155, Jardim São Francisco I

Franco da Rocha – Av. dos Expedicionários, 120 – 2º Andar – Sala 6 – Centro

 

Garantia de todas as Cláusulas Sociais da Convenção Coletiva de Trabalho – CCT por um ano e obtém proposta de 100% do INPC/IBGE para salários, pisos e PLR

Com o setor empresarial querendo reduzir e até mesmo retirar cláusulas sociais conquistadas nos últimos 30 anos de representação profissional, podemos considerar o resultado da rodada de negociação como algo positivo diante da atual conjuntura econômica. Antonio Silvan Oliveira, presidente do Sindiquímicos e CNTQ e vice-presidente da Força Sindical/SP, destacou a garantia e obtenção de todas as cláusulas sociais, inclusive, algumas com impactos econômicos, como a PLR, sendo a categoria química uma das poucas que a possui em CCT, além de cláusulas importantes para mulheres, jovens, reembolso creche, proteção ao trabalhador cipeiro e ao trabalhador em vias da aposentadoria, entre outras.

Apesar do preocupante cenário econômico e a poucos dias da histórica mudança na legislação trabalhista e da tentativa do Governo de desqualificar e enfraquecer o movimento sindical,  os

Químicos obtém a  proposta de 100% do INPC/IBGE para salários, pisos e PLR, bem como a garantia de todas as cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho – CCT por um ano.

Este foi o resultado obtido na 2ª rodada de negociação referente à Campanha Salarial e Social da categoria realizada no dia 27 de outubro, entre os dirigentes da FEQUIMFAR – Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (filiada à Força Sindical e à CNTQ) e Sindicatos filiados e a bancada patronal do Grupo CEAG-10 da FIESP.

 

 

“No momento em que a reforma trabalhista está prestes a entrar em vigor, entendemos ser uma avanço manter as conquistas”,  disse Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical.

 

Principais destaques da proposta:

 

– Reajuste Salarial: 100% do INPC/IBGE

 

– Piso Salarial:

 

Para trabalhadores em empresas com até 49 empregados

Piso atual (R$ 1.469,53) mais 100% do INPC/IBGE

 

Para trabalhadores em empresas com mais de 49 empregados

Piso atual (R$ 1.506,40) mais 100% do INPC/IBGE

 

– PLR mantida na Convenção Coletiva de Trabalho

Reajuste de 100% do INPC/IBGE – Destaca-se que estes valores valem para as empresas que não obtém acordo específico de PLR.

 

Para trabalhadores em empresas com até 49 empregados

PLR atual (R$ 930,00) mais 100% do INPC/IBGE

 

Para trabalhadores em empresas com mais de 49 empregados

PLR atual (R$1.030,00) mais 100% do INPC/IBGE

 

A aplicação do INPC/IBGE nos salários até R$ 8.200,00 acima desse valor serão corrigidos os salários com o valor fixo a ser definido quando da divulgação oficial do INPC/IBGE de novembro de 2016 a outubro de 2017. Este valor será divulgado nas redes sociais do Sindiquímicos.

 

A FEQUIMFAR e seus 33 Sindicatos filiados representam mais de 150 mil trabalhadores em todo o estado de São Paulo nos segmentos químico, plástico, fertilizantes, abrasivos, cosméticos, tintas e vernizes.

 

A data-base da categoria é 1º de novembro e os Químicos da Força contam com o apoio da central Força Sindical, CNTQ e da INDUSTRIALL nesta Campanha Salarial e Social.

 

You must be logged in to post a comment Login