Continuaremos lutando pela manutenção das conquistas trabalhistas

By
Updated: dezembro 15, 2016

Assina SilvanO cenário não é bom, com o Brasil ainda mergulhando na recessão, desemprego elevado e a taxa Selic nas alturas, a 13,75%. Uma das taxas de juros mais altas do mundo, tornando o nosso país o paraíso da especulação financeira. O governo em vez de investir no capital produtivo, gerador de postos de trabalho, prossegue apostando suas fichas nos banqueiros, que não se preocupam em criar empregos, apenas sugar recursos que deveriam ser investidos em Saúde, Educação, Transporte, Segurança Pública e Infraestrutura.

Para sairmos desse pântano, é preciso retomarmos urgentemente o desenvolvimento econômico, proporcionando a geração de empregos com segurança, sem precarização da mão de obra, remuneração adequada e valorização profissional. Porém, o quadro que visualizamos atualmente é de alto risco. No Congresso Nacional tramitam cerca de 50 Projetos de Lei; todos prejudiciais à classe trabalhadora, alguns remetendo praticamente à triste época da escravidão, onde inexistia qualquer proteção no emprego. Apenas jornada exaustiva e diversos tipos de maus tratos.

Neste 2016, a categoria química, através de suas lideranças, lutou bravamente por meio de mobilizações e nas bancadas de negociação em diversas regiões do Brasil, pela manutenção de direitos conquistados, salários dignos, além de ampliar o número de benefícios. Por meio da CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Químico) foi possível garantir excelente assessoria econômica e jurídica, nos momentos em que os empregadores continuavam irredutíveis quanto às reivindicações da categoria. Registro aqui a vitória obtida por meio do nosso departamento jurídico, que conseguiu sensibilizar o STF (Supremo Tribunal Federal), que admitiu nossa confederação como amicus curiae no processo da ultratividade no Supremo.

Para 2017 iremos prosseguir lutando pela preservação de todos os nossos direitos. Não admitiremos nenhuma forma de retrocesso. Pelo contrário, a batalha é para obtermos mais conquistas, para dessa forma ajudarmos a contribuir, através de nossa força de trabalho, para que definitivamente o Brasil seja uma nação desenvolvida, reduzindo drasticamente as distâncias sociais e econômicas, que infelizmente ainda perduram. Desejo à categoria química, aos dirigentes, trabalhadores, familiares e todas as pessoas que direta e indiretamente participam desta grande família SINDIQUÍMICOS um ótimo Natal e Próspero Ano Novo, com paz, saúde, felicidade, bonança e que o amor de Deus e sua justiça estejam sobre todos nós

You must be logged in to post a comment Login